Protocolos de segurança | Todos juntos por atendimentos seguros 🤝 Saiba mais >>

Como tratar ansiedade e depressão com a reflexologia

A reflexologia para o tratamento de depressão e ansiedade age em busca de harmonia entre os campos energéticos, pela atuação nos pontos dos pés e mãos relacionados ao alivio dos sintomas de ansiedade e depressão, e relaxamento a nível emocional. Entenda mais a seguir.

Reflexologia para depressão e ansiedade

O que é depressão e ansiedade?

Infelizmente cada vez mais comuns, distúrbios emocionais como a ansiedade e a depressão estão afetando as pessoas de todo mundo. Mas, você saberia explicar ou ainda, identificar tais patologias em si mesmo ou alguém próximo? Vamos entender mais afundo neste post.

O que é a depressão? Depressão não é tristeza

O que é a depressão de fato? Muito se houve falar sobre esta patologia, mas nem sempre entendemos realmente do que se trata, quais são seus sintomas e características primordiais. Te ajudamos compreender logo abaixo, do que se trata e como identificar a depressão.

Depressão é um estado emocional composto por oscilações de humor, principalmente caracterizados por apatia, tristeza profunda, alterações no sono e no apetite. Existem diversos tipos de depressão, alguns mais comuns, e eles podem ser desencadeados principalmente por substâncias químicas, desequilíbrio hormonal e fator genético.

O que é a ansiedade?

A ansiedade é infelizmente o mal do século, em todo o mundo. Mas, o que é a ansiedade realmente? Quais são suas características primordiais? Como identificar uma pessoa ansiosa? Te explicamos melhor aqui abaixo, de forma simples, sobre como a ansiedade se caracteriza.

Ansiedade é basicamente uma preocupação excessiva e constante, acompanhada de medo, sobre questões futuras ou rotineiras. A ansiedade quando está relacionada a realmente algum problema provável de acontecer é normal, funciona como um aviso do nosso organismo. O problema se dá quando ela surge sem motivos aparentes e com grande frequência.

Ansiedade e depressão: doenças que andam em conjunto

A ansiedade e a depressão são doenças únicas, mas que podem andar em conjunto. Isso significa que quem tem ansiedade tem depressão? E vice-versa? Vamos entender agora a relação entre cada uma destas questões e quando elas se relacionam de fato.

Qual a diferença entre ansiedade e depressão? É a mesma coisa?

Você sabe qual é a real diferença entre a ansiedade e a depressão? Se algum dia alguns sintomas de desequilíbrio emocional te afetasse, ou caso isso já esteja ocorrendo, você saberia identificar por qual questão está passando? Te ajudamos entender logo abaixo.

A depressão sempre consiste em altos e baixos no que diz respeito ao seu humor, esta é sua característica base. A ansiedade por sua vez, sempre vem acompanhada de algum tipo de receio ou preocupação com o futuro.

Quando a ansiedade vira depressão?

Quando a ansiedade vira depressão? Será que existe um ponto chave onde a pessoa ansiosa acaba por se tornar depressiva também, ou não é algo linear desta forma? Iremos agora te explicar melhor como isso acontece, e como a ansiedade pode se tornar depressão.

A ansiedade pode virar uma depressão, quando o receio para com o futuro, ou as preocupações da vida acabam atingindo o humor da pessoa. Ela se torna cabisbaixa, desmotivada, e uma sensação de melancolia a toma por completo, ou oscila entre idas e vindas.

Quem tem depressão é ansioso também?

Nem todo ansioso é depressivo. Mas será que quem tem depressão é ansioso também? Todo depressivo é acompanhado também da ansiedade ou isso não acontece necessariamente em todos casos? Vamos entender agora se isso sempre ocorre, quando acontece, ou quando não.

Nem sempre uma pessoa com depressão é simultaneamente ansiosa. A depressão pode ser caracterizada apenas pela melancolia e tristeza profunda, sem grandes preocupações, inclusive. Em outros casos, essa ligação pode sim existir, mas não é algo linear.

Tipos de depressão e como identificar os sintomas?

Sabemos que a depressão é uma sensação de tristeza, melancolia e apatia, ou até agressividade iminente. Mas, quais são todos os tipos existentes de depressão e como identificar os sintomas? Transtorno depressivo persistente, depressāo perinatal ou pós-parto, depressão psicótica, transtorno afetivo sazonal e transtorno afetivo bipolar. Conheça cada um.

Transtorno depressivo persistente e seus principais sintomas

O transtorno depressivo persistente é o tipo mais comum dentre os diversos tipos de depressão existentes. Os sintomas deste tipo da patologia são os mais comuns dentre todas pessoas que possuem a depressão. Entenda como ele se caracteriza aqui abaixo.

O transtorno depressivo persistente é caracterizado pelos sintomas principais da doença, ou seja, tristeza profunda, apatia em relação a vida, pensamentos negativos e opressores, insônia, muito ou pouco apetite, sensação de melancolia e em alguns casos, até pensamentos suicidas.

Este tipo de depressão é a mais comum entre os quadros da doença, e uma das que mais necessitam tratamento imediato, pelo avançado agravamento de seus sintomas.

Depressão psicótica e seus principais sintomas

A depressão psicótica é uma das mais incomuns dentre as pessoas com depressão. Seus sintomas são mais intensos, profundos e até graves, e precisam de atenção e tratamento o quanto antes. Vamos entender do que se trata este tipo de depressão.

A depressão psicótica além dos sintomas de tristeza e melancolia, vem acompanhada de delírios e alucinações. Ou seja, o indivíduo entra numa paranoia dentro da mente que precisa de acompanhamento profissional rápido, para não agravar.

Transtorno afetivo sazonal e seus principais sintomas

O transtorno afetivo sazonal ou depressão sazonal, simplesmente, já se entrega pelo nome: depende da sazonalidade. É um tipo de depressão até comum entre a população e tender vir e ir embora. Mas, vamos nos aprofundar neste tipo de depressão agora abaixo.

A depressão sazonal geralmente surge nas estações frias como o e o inverno, onde há menor predominância do sol. Os dias frios, cinzas, trazem a tona o sentimento de melancolia, tristeza e desânimo, o que acaba gerando a depressão.

A luz do sol ajuda a produção do neurotransmissor serotonina e do hormônio melatonina, responsáveis pelas sensações de prazer, e por isso, a falta dele, prejudica o humor do afetado.

Depressão perinatal ou pós-parto e seus principais sintomas

A depressão perinatal ou depressão pós-parto como também pode ser chamado este tipo de depressão não é tão comum pois como o nome já entrega, ele acomete as mulheres que acabaram de parir seus bebês. Mas vamos entender melhor a seguir.

A depressão pós-parto como o nome já diz, acontece logo após o nascimento do bebê ou em até 1 ano do parto, e afetas algumas mães que apresentam sintomas de tristeza, melancolia, sensação de desespero, agonia ou até mesmo crises de raiva.


Aqui também é necessário tratamento eficaz e ligeiro, pois os sintomas podem afetar a relação da mãe e do bebê, além de em alguns casos, colocar o bebê em risco, já que a mãe pode não reconhecê-lo como filho.

Transtorno afetivo bipolar e seus principais sintomas

Um tipo não tão comum de depressão é conhecido como transtorno afetivo bipolar ou simplesmente transtorno bipolar ou ainda bipolaridade. Entenda agora exatamente o que é e como este tipo de patologia é caracterizado, conseguindo assim, identificá-lo com maior facilidade.

O transtorno bipolar é quando o doente apresenta oscilações de humor, altos e baixos, tristeza profunda e euforia extrema, alterando em pouco tempo entre um estado e outro.

Principais causas e fatores de risco para depressão e ansiedade

Existem fatores de risco para o transtorno de depressão e de ansiedade, surgirem. Vamos ver agora quais são estes fatores e o que poderia desencadear ambas as patologias, podendo assim, tentarmos evitar o surgimento da depressão e da ansiedade em si mesmos ou em outras pessoas próximas.

A bioquímica cerebral como causa da ansiedade e depressão

A questão da composição bioquímica é um dos fatores primordiais para o surgimento tanto da depressão quanto dos transtornos de ansiedade também. Se você nunca ouviu falar sobre isso, leia abaixo do que se trata este desencadeador destas patologias emocionais.

A bioquímica como fator gerador de depressão e ansiedade, se dá literalmente, quando certas substâncias químicas faltam ou talvez estão em excesso no cérebro. Desta forma, substâncias que provocam os sintomas das doenças se sobressaem, e outros que ajudariam combatê-las, estando em falta, não conseguem agir.

Fator genético pode gerar ansiedade e depressão

A questão genética é um fator bastante comum quando estamos falando de transtornos depressivos e de ansiedade. Quando já há na família alguém com alguma ou ambas patologias, os parentes próximos, ou seja, os filhos, podem desenvolver o mesmo problema. Entenda.

Se o pai ou a mãe têm depressão, grandes chances existem do filho também desenvolver o mesmo. Em casos de irmãos gêmeos, quando um já apresenta a doença, a chance de o irmão também desenvolvê-la é de 70%.

A personalidade influencia na depressão e ansiedade

A personalidade de cada um é algo a se levar em consideração quando estamos falando dos possíveis causadores da depressão e da ansiedade. Mas, de que maneira a personalidade pode estar relacionada ao desenvolvimento destas questões? Como essa relação se dá? Veja agora.

Quando o indivíduo já é por natureza ou ao longo da vida ficou muito pessimista, é uma pessoa sem motivação, apática para com a vida, indecisa demais, ou que não se diverte facilmente, grandes são as possibilidades dela somatizar algum problema, e isto vir a se tornar uma depressão.

Fatores ambientais que provocam ansiedade e depressão

Os fatores ambientais ou seja, os fatores externos ao ser, podem acabar provocando e estimulando o desenvolvimento de doenças e distúrbios emocionais como a depressão, ou até mesmo a ansiedade. Entende de que maneira isto acontece e saiba como evitar.

Pessoas expostas a situações violentas, ou que sofrem algum tipo de abuso social, familiar, sexual ou qualquer outro tipo, podem estar mais propensas a desenvolver qualquer desequilíbrio emocional e mental. Procure sempre locais e pessoas harmônicos para seu dia a dia, e se afastar de situações densas como estas.

Ansiedade e depressão: entenda os sintomas

É certo que você já ouviu falar bastante sobre os transtornos de depressão e de ansiedade também. Mas quais são os sintomas específicos de cada uma destas patologias? Você sabe identificar a partir de o que está sentindo? Entenda os sintomas.

Como perceber os sintomas de depressão?

Mais do que simplesmente saber quais são os sintomas, precisamos saber como realmente perceber os sintomas de depressão e de ansiedade. Sabendo identificar tais sintomas é que será possível compreender que precisamos de ajuda profissional e de um tratamento específico.

Sempre que se sentir para baixo, melancólico ou apático por dias, você já deve se atentar. Ou ainda quando a rotina está te deixando estressado demais, com oscilações de humor, falta de sono...

Os sintomas se dividem em: físicos, emocionais e comportamentais. Então para te ajudar perceber os sintomas, listamos cada tipo separadamente, abaixo.

Sintomas físicos da ansiedade e depressão

Os sintomas físicos da ansiedade e da depressão nem sempre precisam se manifestar em todos que possuem uma ou as duas patologias citadas. Ainda assim, alguns destes sintomas podem ser graves e precisamos conhecê-los para poder buscar o melhor tratamento.

Os sintomas físicos envolvem cansaço em demasia, dores de cabeça, enxaqueca, dores no estômago ou problemas digestivos, sudorese, dores nas costas e ombros, fibromialgia, queda de cabelo ou problemas de pele.

Sintomas emocionais da ansiedade e depressão

Além de sintomas físicos como as dores no estômago ou problemas de pele, os sintomas emocionais são presentes na ansiedade e na depressão. Aliás estes sintomas do campo mental são os mais frequentes em todas pessoas que sofrem com estas patologias. Saiba quais são eles.

Irritabilidade, estresse excessivo, inquietude são comuns. Por outro lado, apatia pela vida, melancolia, sentimento de tristeza profunda e de culpa são ainda mais frequentes, entre os sintomas de origem emocional.

Sintomas comportamentais da ansiedade e depressão

Os sintomas comportamentais, assim como os sintomas físicos e os emocionais ou mentais, são bastante comuns em todos indivíduos que estão passando pelo transtorno de depressão ou por crises de ansiedade. Entenda quais são estes possíveis sintomas comportamentais agora, aqui abaixo.

Dificuldade de concentração e foco, inquietude nos movimentos, tentativas de suicídio, agressividade ou a falta de qualquer movimentação e atitude na vida, são sintomas comportamentais existentes em depressivos e ansiosos.

Como prevenir a depressão?

Como prevenir a depressão e a ansiedade? Será que existe um método ou uma lista de formas possíveis de prevenção destas ambas patologias? Vamos listar abaixo algumas práticas eficazes para manter uma mente e corpo alinhados e em equilíbrio, a fim de evitar distúrbios emocionais.

Exercícios físicos, atitudes positivas e deixar certos hábitos de lado. Veja abaixo a lista completa.

Excesso de trabalho gera ansiedade e depressão

Uma das formas de prevenir o surgimento da depressão e da ansiedade é ficando atento ao excesso de trabalho. Quando estamos trabalhando sem pausa ou descanso merecidos, e protegidos por lei, ficamos a mercê de desequilíbrios emocionais. Entenda a seguir.

O excesso e trabalho provoca estresse e por consequência a ansiedade. Quando não tratada pode ainda dar lugar a depressão.

Pelo menos algumas vezes ao ano procure viajar, ficar com a família, descansar e abraçar o ócio. Escolha ao menos 1 dia na semana para literalmente esquecer o trabalho e dar uma recarregada na mente. Trabalho em demasia gera estresse e consequentemente, pode causar crises de ansiedade e em seguida, a depressão.

Exercite-se regularmente para evitar ansiedade e depressão

Exercite-se regularmente! Os exercícios e práticas físicas são formas bastante simples de prevenirmos a ansiedade e a depressão. Na verdade, todo mundo deveria praticar exercícios regularmente pela saúde física e mental por completo. Mas, vamos entender especificamente esta relação com a prevenção da depressão e ansiedade.

As práticas físicas fazem nosso organismo produzir serotonina, o hormônio do prazer, fazendo com que os sintomas emocionais que vimos mais acima, sejam afastados.

Além disso, quando nos exercitamos, nossa mente fica focada, aliviando o estresse, e trazendo mais energia física para o dia a dia.

Voluntarie-se para prevenir a ansiedade e depressão

Voluntarie-se para prevenir a depressão e a ansiedade. Isso mesmo! O voluntariado está na lista de forma de prevenção destes distúrbios emocionais. Mas, você entende exatamente o por quê? Vamos te explicar essa relação agora, para que você já possa aplicar.

Quando nos voluntariamos, nosso íntimo sente-se preenchido por saber que podemos ajudar, por saber que podemos nos fazer importantes e fazer a diferença na vida de outras pessoas que muitas vezes, precisam ainda mais que nós.

O sentimento de raiva ou apatia destas patologias, são substituídos por empatia, doação e plenitude.

Evite álcool e drogas para não desenvolver ansiedade e depressão

Evitar as drogas e ao menos diminuir o consumo de álcool é uma das principais indicações para a prevenção do surgimento da depressão e da ansiedade. As bebidas alcoólicas em geral, assim como as drogas, alteram a química do cérebro, entre outros efeitos que vemos agora.

Como falado mais acima, o fator bioquímico do cérebro é importante para o surgimento da depressão e ansiedade, e o álcool e as drogas o alteram significativamente.

Outra questão é que estas substâncias químicas, provocam alteração de humor e desequilíbrio emocional, sendo ainda pior para quem já tem certa pré-disposição.

Atitude de gratidão para afastar a ansiedade e depressão

Para prevenir a depressão e ansiedade, mantenha uma atitude de gratidão. Nem só deixar certos hábitos de lado, e nem só ações físicas servem como prevenção. Manter a gratidão presente em seu dia a dia fará a diferença e agora você vai entender o motivo.

Constantemente observar o que temos para agradecer, nos faz elevar os pontos positivos da vida e diminuir os negativos. Já que são justamente os pontos negativos que nos levam para baixo e consequentemente causam distúrbios emocionais, a gratidão é uma prática essencial.

O que fazer e como aliviar a depressão e a ansiedade?

Você tem alguma ideia de como acalmar e o que fazer para aliviar a depressão e a ansiedade? Ou até o estresse envolvido? Quando as crises ou transtorno surgem, existem algumas maneiras de tentarmos acalmá-las e aliviar os sintomas. Veja como.

Quando uma crise emocional aparece, busque respirar profundamente. Inspire o ar pelas narinas por 5 segundos, e solte também pelas narinas no dobro do tempo. Caso 5 segundos seja muito abaixe para 3 ou 4. E caso esteja tranquilo, pode aumentar para 6 ou até uns 10 segundos na inalação e o dobro ao exalar.

Atividade física para aliviar a depressão e ansiedade

A atividade física é uma forma bastante comum de se aliviar a depressão e a ansiedade. Os exercícios físicos são essenciais para nossa saúde como um todo, mas não só para a saúde física. A saúde mental e emocional também se beneficiam da seguinte maneira...

Quando estamos nos exercitando, nosso corpo produz alguns hormônios como a serotonina que é justamente o hormônio do prazer, necessário para que a química do cérebro não sofra com sua baixa, trazendo os sintomas de depressão e ansiedade.

Hobbies que aliviam a ansiedade e depressão

Não importa qual é o tipo de depressão ou ansiedade em que você se encontra, os hobbies e atividades que mais lhe agradam são formas simples e prazerosas de aliviarmos e cuidarmos de todos sintomas destas patologias. Veja alguns exemplos práticos.

Especialmente hobbies que envolvam algum tipo de trabalho manual como pintura, artesanato ou culinária, são os melhores para trabalharmos positivamente a mente e promover o equilíbrio emocional. Escolha o que te faz melhor e pratique semanalmente.

Ioga para tratamento de depressão e ansiedade

Em todos casos, a ioga como tratamento para depressão e ansiedade, irá auxiliar dando apoio a todos sintomas e desordens emocionais, permitindo que o paciente relaxe o corpo e a mente, e também o campo emocional. Veja como a prática pode ajudar.

A yoga movimenta o corpo físico e o campo energético, além de acalmar a mente e as emoções que estão afligindo o paciente, fazendo com que elas não se expandam em sua mente.

A prática de yoga parece apenas de relaxamento, mas ela movimenta todo corpo liberando endorfina, e estimulando o bom funcionamento de todo organismo e campo sutil.

Respiração para tratamento de depressão e ansiedade

A respiração, as técnicas respiratórias ou os pranayamas como também podem ser chamadas estas práticas de origem hindu, não são as mesmas práticas naturais de respiração que fazemos inconscientemente durante o dia. Vamos te explicar melhor e ensinar um pranayama de relaxamento emocional, a seguir.

Assim como as emoções alteram nossa respiração, por exemplo, quando estamos nervosos nossa respiração fica mais ofegante, e assim por diante. As técnicas respiratórias fazem o caminho reverso: ao controlarmos a respiração, as emoções também são reequilibradas.

A respiração é uma prática bastante simples e efetiva para controlar a mente. Além do mais, não é preciso nenhum material ou produto complementar e você pode praticar literalmente onde estiver: dirigindo, no ônibus, deitado, em pé, no meio de uma discussão, etc.

Uma prática simples e eficaz consiste em inspirar profundamente pelas narinas em determinado tempo. Segurar pela metade dos segundos. E exalar pelas narinas também, no dobro do tempo da inspiração.

Meditação para aliviar a ansiedade e a depressão

A meditação assim como as práticas respiratórias, possui origem hindu e ajuda aliviar a ansiedade e a depressão. Meditar não é somente para monges ou pessoas especialistas. A prática deveria fazer parte do dia a dia de todos, e ela pode ser mais simples do que você pensa...

Muitos acreditam que meditar é parar de pensar por completo. Os pensamentos enquanto estivermos vivos não irão cessar. A meditação consiste em mantermos uma postura de observador em nossa mente, onde os pensamos vêm e vão, mas nós não nos identificamos com eles, nem nos aprofundamos em cada um.

Desta maneira, nossa mente finalmente descansa em algum período do dia em que praticarmos, pois o campo mental não relaxa definitivamente, nem quando estamos dormindo, por isso a prática se faz tão necessária e auxilia casos de ansiedade.

Conexão com amigos e familiares para aliviar ansiedade e depressão

Além das formas de tratar e aliviar a depressão e ansiedade, mais comumente conhecidas, uma não tão mencionada é a conexão com amigos e familiares para promover o alívio da ansiedade e da depressão. Parece algo banal, mas te explicamos melhor a seguir.

Quando estamos com quem amamos, nosso corpo produz hormônios do bem-estar, como o hormônio do amor, a ocitocina. Além disso, nossos sistemas, órgãos e células se revitalizam, e a energia vital é reequilibrada.

Massagem no auxílio da redução da ansiedade e depressão

A massoterapia como tratamento e no auxílio da redução da depressão e da ansiedade, e outras terapias corporais, atuam através do toque, imposição de mãos, e do estímulo de pontos e regiões específicas do nosso corpo, os quais muitas vezes correspondem a regiões do cérebro, relacionadas a depressão e a ansiedade. Entenda melhor.

Massagens como a técnica relaxante ou a clássica, ou até mesmo terapias alternativas com o reiki, a barra de acces e a acupuntura, trazem maior conexão entre os campos energético e emocional, reequilibrando e melhorando a harmonia entre eles, o que consequentemente, melhora todos quadros de depressão.

Tratamentos para depressão e ansiedade

Todos os tipos de depressão e ansiedade exigem um diagnóstico de um especialista, o qual irá indicar os tratamentos adequados para cada um, além do tempo necessário para que haja a melhora do quadro, através do acompanhamento do caso. Veja a seguir os melhores e mais comuns tratamentos.

A depressão tem cura?

Uma pergunta frequente entre as pessoas com depressão ou pessoas com conhecidos ou familiares que estejam passando pela mesma questão é: a depressão tem cura? Seria possível nos tratarmos por completo mesmo após um diagnóstico profissional, de depressão? Entenda logo abaixo.

Se tratada o quanto antes, com os tratamentos mais adequados a cada caso, a resposta é sim, a depressão tem cura.

Os tratamentos variam dependendo do grau e do tipo de depressão, ou seja, algumas pessoas precisarão de métodos mais profundos, outras mais leves. Ainda assim, todos casos possuem cura. Veremos mais sobre os tratamentos adiante.

Medicamentos antidepressivos

Em alguns casos de depressão e ansiedade, o psiquiatra ou profissional responsável pelo caso poderá indicar o uso de medicamentos específicos para o tratamento. Geralmente essa medicação acontece em casos mais agudos de depressão, pois eles agem com maior impacto no organismo. Compreenda melhor.

Alguns destes medicamentos podem causar efeitos colaterais como sonolência e outros distúrbios hormonais. Por isso, é necessário acompanhamento profissional.

Estes medicamentos agem em geral da mesma maneira: estimulando os neurotransmissores cerebrais responsáveis pelo prazer, que se encontram em baixa quantidade nos indivíduos com a doença, além de não permitir que os hormônios causadores da depressão ou da ansiedade aumentem deliberadamente.

Psicoterapia para tratar ansiedade e depressão

Em todos casos, a psicoterapia como tratamento para depressão e ansiedade, irá auxiliar dando apoio a todos sintomas e desordens emocionais, permitindo que o paciente se abra e não guarde aqueles sentimentos negativos apenas para si. Além disso, a terapia estimula a reflexão e a transmutação destes pensamentos e sensações ruins.

O diálogo terapêutico facilita a abertura em relação as emoções que estão afligindo o paciente, fazendo com que elas não se expandam em sua mente. Após algumas sessões o terapeuta irá também avaliar o quadro do paciente para indicar possíveis tratamentos complementares a terapia, e assim, obter a cura mais rapidamente.

Experiência interativa deprexis para tratar a depressão

A experiência interativa deprexis para tratar a depressão é um tratamento relativamente novo, aprovado há poucos anos pela ANVISA, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária. O tratamento promete ajudar através do uso da inteligência artificial os casos de pacientes com depressão. Entenda como funciona.

O Deprexis é um dispositivo médico feito a partir de inteligência artificial que auxilia o paciente com depressão. É uma experiência interativa, personalizada, via digital, com efeito terapêutico para o cuidado com indivíduos com depressão.

Eletrochoque para tratamento de ansiedade e depressão

Além dos tratamentos mais conhecidos para os casos de ansiedade e de depressão, o eletrochoque está cada vez mais sendo utilizado com positivos e relevantes resultados no tratamento. Conectado a cabeça, o aparelho usa estímulos elétricos para promover a cura. Entenda como ele age.

O aparelho de eletrochoque age através de estímulos elétricos cerebrais para tratar condições psiquiátricas. Com a ECT, o paciente apresenta melhoras em poucas semanas, na maioria dos casos.

O método deve ser aplicado em ambiente hospitalar, sob efeito de anestesia, com a supervisão de médicos e enfermeiros especializados.

Massagens terapêuticas para ansiedade e depressão

Dentre os diversos tratamentos para a depressão e ansiedade, alguns também muito recomendados, são os tratamentos através de técnicas de massagem específicas, que conseguem acalmar o sistema nervoso e relaxar o campo mental e o corpo físico. Entenda melhor.

As massagens terapêuticas como a reflexologia, a massagem relaxante, a massagem clássica, o reiki, e a acupuntura, por exemplo, conseguem através de toques suaves aplicados pelo terapeuta especialista, promover relaxamento profundo a nível físico, aliviando todos sintomas relacionados, e a nível mental também, auxiliando no equilíbrio emocional e hormonal.

Melhores massagens e terapias corporais para ansiedade e depressão

Dentre as dezenas de técnicas de massoterapia existentes, quais as melhores massagens e terapias complementares para ansiedade e depressão? Qual seria a prática de massagem mais indicada para estes casos? Vamos agora te explicar melhor sobre as principais e mais adequadas técnicas.

Além de claro, a reflexologia, listamos agora algumas outras massagens também extremamente eficazes para o tratamento de ansiedade e de depressão como a massagem clássica, massagem relaxante, reiki, acupuntura e quick massage.

Reflexologia para ansiedade e depressão

Alguns estudos já mostram que o tratamento da depressão e de ansiedade pela reflexologia tem efeito positivo sobre todos seus sintomas, pela técnica conseguir promover o reequilíbrio emocional e aliviar os sintomas físicos de todos pacientes que se encontrem com a doença.

Reflexologia
A reflexologia busca estimular a produção de hormônios como a serotonina, essencial para afastar a depressão e ansiedade.

A técnica oriental da reflexologia, busca trazer este estímulo através da pressão em pontos energéticos do corpo, que correspondem a região cerebral afetada pela depressão e ansiedade.

Massagens com óleos para tratar ansiedade e depressão

É muito comum escolhermos massagens com óleos, inclusive para o tratamento de ansiedade e depressão. E porque isso acontece? Você saberia escolher esta prática de massoterapia, entender como ela age realmente e porque ela é tão eficaz para estas patologias? Te explicamos agora.

Massagem clássica
A massagem com óleos, é também conhecida por massagem clássica. Esta massagem utiliza este produto justamente para deslizar as mãos do terapeuta e fazer com que os movimentos sejam delicados e suaves, o que promove grande relaxamento mental emocional. É desta maneira que a técnica age e por isso é eficaz para o equilíbrio do paciente.

Massagem relaxante para ansiedade e depressão

A massagem relaxante para tratar a ansiedade e a depressão é uma das práticas de massoterapia indicadas. Como o nome já entrega, ela busca promover o relaxamento não só do corpo físico, mas do campo mental e emocional. Vamos entender mais.

Massagem relaxante

Através de toques suaves e delicados a massagem relaxante consegue promover ou (re)estabelecer o equilíbrio físico e mental, prevenindo e tratando disfunções, tensões, dores e distúrbios emocionais.

Com algumas sessões ou até mesmo na primeira, já é possível notar grandes progressos no tratamento da ansiedade e depressão.

Quick massage para o alívio da depressão e ansiedade

A quick massage para o alívio da depressão e da ansiedade, assim como a massagem relaxante, a massagem clássica e a reflexologia, é uma terapia manual muito indicada, inclusive por especialistas para complementar o tratamento de depressão e ansiedade. Te explicamos mais sobre a técnica a seguir.

Quick massage
O nome quick massage vem do inglês e quer dizer literalmente, massagem rápida. Ela é aplicada numa cadeira de quick, onde o terapeuta tem direta posição com regiões do corpo do paciente, que ao realizar os movimentos da massagem, nestas regiões, a técnica consegue promover rápido e profundo relaxamento emocional e físico.

Nos casos em que o paciente não tenha muito tempo ou precise de um relaxamento rápido nos minutos livres do dia, no trabalho por exemplo, ela é a mais indicada.

Acupuntura como tratamento para depressão e ansiedade

O tratamento da depressão e da ansiedade pela acupuntura tem mostrado efeitos bastante positivos sobre todos os sintomas envolvidos nestas patologias. A prática milenar que usa agulhas para ativar pontos específicos do corpo, é uma das práticas de massoterapia mais indicadas.

Acupuntura

A acupuntura consegue estimular a produção de hormônios como a serotonina, essencial para o reequilíbrio emocional de todos pacientes que se encontrem com a doença.

A técnica oriental, busca trazer este estímulo através da aplicação de agulhas em pontos energéticos do corpo, que correspondem a região cerebral afetada pela depressão.

O reiki alivia a ansiedade e depressão

O reiki alivia a ansiedade e depressão por trabalhar justamente no campo energético que está intimamente relacionado com o campo mental, e com nossas emoções, que no caso destas doenças, estão abalados. Vamos entender agora como o reiki atua exatamente.

Reiki
O reiki é uma terapia integrativa, na qual o terapeuta ou reikiano, estende suas mãos sob partes do corpo do paciente, sem necessariamente tocá-las, canalizando energia vital, a fim de restaurar o equilíbrio físico, mental e emocional, aliviando assim, sintomas de ansiedade e depressão.

Barra de access traz alívio para ansiedade e depressão

A barra de access traz alívios para todos sintomas de ansiedade e de depressão. Parecida com o conhecido reiki, a técnica também utiliza a imposição de mãos, porém especificamente no crânio e por isso pode auxiliar casos de ansiedade e depressão. Entenda como.

Barra de access

A barra de access é uma prática que usa a manipulação de uma série de pontos no crânio, a fim de reequilibrar a energia estagnada e consequentemente, desbloquear o campo mental. Dessa forma, a técnica ajuda harmonizar nossas emoções, inclusive em casos de ansiedade e depressão.

O que é reflexologia para ansiedade e depressão e para que serve

A reflexologia para ansiedade e depressão é uma técnica que busca ativar a circulação de energia vital, estimulando os pontos de acúmulo de energia, servindo para restaurar o equilíbrio da mente. Entenda agora o que é e para que serve a técnica.

O que é e como funciona a reflexologia para ansiedade e depressão

A reflexologia é uma técnica que parte do preceito de que partes específicas do corpo se encontram refletidas em pontos do corpo. Mas, não só isso. Compreenda agora o que é exatamente a prática e como ela funciona no tratamento e ansiedade e de depressão.

A reflexologia é uma prática de massoterapia que serve para desbloquear o fluxo de energia por meio de estímulos específicos em pontos nos pés, mãos e face, e assim, aliviar sintomas de patologias emocionais e físicas.

A reflexologia funciona se baseando basicamente na teoria de que toda doença surge do desequilíbrio de qi, a energia vital, e dos polos opostos yin e yang.

Qi por sua vez se restabelece justamente através da harmonia entre os polos yin e yang, ou frio e calor, interno e externo, falta e excesso, feminino e masculino, os quais podem se reequilibrar através da técnica de massoterapia.

Como a reflexologia age no organismo?

Como a reflexologia age no nosso organismo e no nosso corpo em termos práticos? Quando recebemos a técnica através de um reflexoterapeuta profissional, como a prática reverbera em nossa pele, sistemas ou até órgãos? Entenda de que forma esta ação ocorre.

A reflexologia age no nosso corpo, principalmente no campo energético, o qual reverbera para os demais, corpo emocional e físico, trazendo harmonia e equilíbrio para doenças a nível emocional, como é o caso da ansiedade e da depressão, ou patologias físicas como dores e má digestão, por exemplo.

Tipos de reflexologia para depressão. Qual o mais indicado?

Existem alguns diferentes tipos de reflexologia para o tratamento da depressão e também da ansiedade. Vamos entender agora melhor sobre os principais e qual deles seria o mais indicado e mais efetivo para o seu caso de ansiedade e de depressão.

A reflexologia podal e a reflexologia nas mãos, são os tipos mais comuns e principais dentro da técnica. Veja qual deles seria o melhor tratamento para você.

Reflexologia nas mãos para depressão e ansiedade

A reflexologia aplicada nas mãos acalma e alivia os sintomas de depressão e ansiedade. Temos na região das palmas e dorso de ambas mãos diversos terminais nervosos e pontos de energia que quando estimulados podem auxiliar estes problemas. Entenda como.

A técnica é aplicada em ambas mãos, nos pontos específicos relacionados a cada queixa emocional. Estes pontos podem ser estimulados com a ponta dos dedos ou objetos apropriados, realizaos pelo terapeuta especialista. Escolha sempre um profissional qualificado para aplicar a massagem de maneira segura e eficaz.

A reflexologia nas mãos é mais indicada em casos leves a moderados de depressão e de ansiedade.

Reflexologia podal para depressão e ansiedade

A reflexologia podal, ou reflexoterapia nos pés como também é chamada, pode aliviar todos sintomas físicos e emocionais da depressão e ansiedade. A técnica é aplicada através de massagens em pontos específicos dos pés que estimulam os órgãos e partes do corpo para prevenir e amenizar desequilíbrios.

A planta, o dorso e as laterais de cada um de nossos pés, são praticamente mapeados com pontos que relacionam-se com todo nosso organismo. Os estímulos nestes pontos, são capazes de dissolver tensões e assim, aliviar as dores. A prática deve ser realizada também, por um profissional devidamente qualificado.

A reflexologia podal é ainda mais indicada em casos moderados e graves de ansiedade e depressão, pois nos pés temos pontos diretamente relacionados ao cérebro e sistema nervoso, podendo assim, agir diretamente no desequilíbrio que está causando as patologias.

Benefícios da reflexologia para ansiedade e depressão

Se você deseja entender melhor sobre os reais e principais benefícios da reflexologia para o tratamento da depressão e da ansiedade, nós te contamos agora. A prática de reflexologia seja nos pés ou nas mãos, possui benefícios incontáveis listados abaixo.

O principal benefício da reflexologia, é que ela promove o reequilíbrio energético e bem-estar do corpo e da mente e também pode ser utilizada de forma terapêutica a diversas condições de saúde física e mental, como a depressão e ansiedade.

Estes pontos, os meridianos, são canais energéticos que se relacionam a órgãos e sistemas do nosso corpo, inclusive ao cérebro, o qual estimulado, irá produzir mais dos hormônios do bem-estar, necessários para o tratamento da depressão.

Como tratar ansiedade com reflexologia?

Como podemos tratar ansiedade com a prática de reflexologia? Antes de mais nada é preciso dizer que, somente um profissional, ou seja, um terapeuta devidamente formado em reflexologia com experiência na área, poderá realizar um tratamento efetivo a reflexologia. Vamos entender como.

Atuando exatamente nos pontos relacionados a depressão e a ansiedade, o terapeuta, através da reflexologia, irá tratar questões como ansiedade e depressão. Desbloqueando o fluxo destes pontos, a energia passa fluir de maneira livre e em harmonia, trazendo bem-estar e equilíbrio emocional, além de aliviar quadros de tristeza, apatia, euforia ou raiva, muito presentes em estados de depressão e ansiedade.

Como funciona o tratamento da reflexologia para resolver ansiedade

Vamos te explicar como funciona um tratamento de reflexologia para resolver sua depressão ou sua ansiedade. No caso da reflexologia e até outras técnicas de massoterapia, existem algumas etapas essenciais que você deve observar em seu tratamento e em cada sessão.

Em um atendimento de reflexologia, o paciente primeiramente se deita na maca, na cama ou senta-se numa cadeira confortável. Em seguida, o terapeuta especialista na técnica, começa espalhar um creme neutro nos pés e/ou depois nas mãos, e somente então, deve começar estimular os pontos relacionados a queixa de ansiedade e depressão.

A reflexologia pode ajudar no tratamento da depressão

Como a reflexologia pode ajudar no tratamento da depressão e da ansiedade? Agindo nos pontos de energia que circulam por nosso corpo ou diretamente na mente? Qual a relação destes pontos com patologias como a depressão e a ansiedade? Veja a seguir.

A depressão e a ansiedade estão totalmente interligadas com mente, corpo e espírito que funcionam através do fluxo energético. Quando há alguma desarmonia nestes fluxos, surgem os transtornos emocionais, a ansiedade e a depressão.

A reflexologia age buscando o reequilíbrio do fluxo energético para trazer a cura. Ela consegue harmonizar a movimentação de energia nos campos sutis, que reverbera ao corpo emocional e físico, aliviando todos sintomas de ansiedade e depressão.

Reflexologia ajuda na ansiedade e na síndrome de burnout

A reflexologia possui diversos benefícios tanto para o físico, quanto para o campo emocional e para o campo mental. Mas a reflexologia verdadeiramente ajuda na ansiedade e na síndrome de burnout? De que maneira efetivamente isto ocorre? Te explicamos melhor agora.

O princípio principal da reflexologia é de restabelecer o equilíbrio dos canais energéticos. Dessa forma, a técnica consegue reequilibrar os campos sutis, os quais reverberam a harmonia para os demais, trazendo alívio para os sintomas de desequilíbrio emocional, de doenças como a ansiedade e a síndrome de burnout.

Equilíbrio energético para tratar a ansiedade e a depressão

O equilíbrio energético é essencial para tratar a ansiedade e a depressão. O fluxo desarmônico da energia vital, acaba se desenrolando para o campo mental e emocional, e caso não tratado a tempo até para o corpo físico. Veja como a reflexologia auxilia neste ponto.

Quando os canais energéticos estão desalinhados, eles acabam afetando negativamente nosso campo emocional e físico também, e é exatamente onde surgem as doenças. Por isso, a reflexologia agindo nestes campos sutis, permite que o equilíbrio se estabeleça, atuando na prevenção e tratamento das doenças.

Conexão corpo e mente para auxiliar a depressão e a ansiedade

Por vezes, pela correria de nosso dia a dia, fazemos tudo no piloto automático sem entender a importância da conexão entre corpo e mente para reestabelecer nosso controle emocional e auxiliar casos de depressão e ansiedade, por exemplo. Entenda como é possível restaurar esta conexão saudável.

A reflexologia aplicada em pontos estratégicos do corpo, traz através do toque físico, a conexão com a parte mental, a qual ele relaciona-se. Desta maneira, restaura aos poucos, o fluxo energético, que reverbera para um melhor equilíbrio emocional e consequentemente, para um corpo físico mais harmônico.

Pontos da reflexologia para tratar depressão e ansiedade

Sabemos que a técnica de reflexologia age em partes específicas do corpo, essencialmente dos pés e das mãos. Mas quais são estes pontos de reflexologia para depressão, exatamente? Onde estão localizados os pontos principais para o tratamento da ansiedade? Vamos desvendar agora.

Ponto Shemen da reflexologia para tratar ansiedade e depressão

Um dos principais pontos da reflexologia para tratar a depressão, a ansiedade e até crises de estresse, é o chamado ponto C7, ou ainda, Shenmen. Quando estimulado, este ponto de energia consegue estimular o equilíbrio hormonal. Entenda onde ele se localiza e como fazer.
Ponto C7

Este ponto fica localizado na parte de dentro do punho, à esquerda. Como na foto acima.

Devemos estimular com os dedos da mão contrária, com movimentos circulares por 5 minutos, para assim, conseguirmos aliviar os sintomas de tristeza e falta de prazer presentes na depressão.

Ponto Yintang da reflexologia emocional para tratar ansiedade e depressão

A reflexologia emocional, usa o estímulo nos pontos do corpo que são pontos a fim de liberar energias estagnadas que possam estar impedindo a harmonia emocional, e que acaba gerando distúrbios como a ansiedade e a depressão. Vamos agora ver um dos principais pontos da reflexologia emocional.

Ponto Yintang

O ponto Yintang é um ponto de reflexologia facial para a ansiedade e depressão, e se localiza exatamente no ponto entre nossas sobrancelhas, no centro da testa. É onde também se encontra o ponto de nosso sexto chacra, o chacra frontal, relacionado a questões mentais como a ansiedade.

O Yintang é um dos pontos mais usados por promover calma e tranquilidade mental e emocional. Também é um ponto que está relacionado a espiritualidade, trazendo conforto emocional, aliviando os sintomas comuns da ansiedade e depressão.

Pontos do pé para relaxar e aliviar depressão e ansiedade

A reflexologia podal atua em diversos pontos presentes nos pés, para promover bem-estar, alívio de dores, estimular determinados órgão, entre outros possíveis benefícios. Mas, vamos entender agora quais são os principais pontos do pé para relaxar e aliviar os sintomas de ansiedade e depressão.

Ponto do pé para relaxar
Existe um ponto no dorso do pé, vindo da linha que separa o dedão do dedo ao lado, na direção do tornozelo. Este ponto quando estimulado pela reflexologia, consegue promover grande relaxamento e bem-estar.

Dicas de automassagem e reflexologia para aliviar ansiedade

Quando surge alguma crise ou desequilíbrio emocional, você sabe onde massagear para aliviar a ansiedade? E a depressão? Teria alguma região do corpo secreta que pudéssemos pressionar a fim de aliviar estas questões? Vamos descobrir agora cada um destes pontos.

Estas técnicas caseiras são para alívio de desconforto ou ansiedade momentânea. Caso seja um quadro persistente ou de maior intensidade, é muito importante buscar acompanhamento especializado.

Qual dedo apertar para ansiedade? Reflexologia caseira

Qual dedo apertar para aliviar os sintomas de ansiedade? Qual dedo das mãos podemos pressionar para liberar aquela sensação depressiva? Descubra agora de que forma, em que ponto de qual dedo exatamente podemos trabalhar estimulando, para cuidarmos das emoções no dia a dia.

Pressionar dedo para ansiedade

O dedo indicador, quando pressionado, está relacionado ao nosso cérebro. Para atuar em relação a ansiedade e depressão, pressione com os dedos da mão oposta, como na foto, dando leves apertos e soltando suavemente. Permaneça nestes movimentos por 2 minutos.

Qual parte do corpo massagear para ansiedade? Automassagem

Você conhece qual é a parte do corpo ideal massagearmos para o tratamento de ansiedade e de depressão, também? Na verdade, todo corpo quando recebe uma massagem completa, acaba sendo relaxado e os sintomas destas patologias são consequentemente aliviados. Mas, há um ponto chave a se trabalhar...

Este ponto já foi mencionado por nós: é o ponto Yin Tang que falamos mais acima. Aquele bem no centro da testa, entre as sobrancelhas. Você pode aplicar uma pressão com o dedo indicador, médios ou até o polegar, soltando e retornando a pressionar, por no mínimo 5 minutos, sempre que sentir necessidade de se acalmar.

Como fazer massagem caseira nos pés para ansiedade?

Você sabe como fazer uma massagem completa nos pés para tratar a ansiedade e aliviar os sintomas de depressão? Recomendamos claro, que você receba este tipo de prática sempre por um profissional. Mas, vamos te ensinar uma técnica simples que você pode praticar em casa mesmo.

Segure o dedão com os quatro dedos de uma mão e com o polegar da outra mão. Vá deslizando com um creme, desde a base do dedão até sua ponta. Repita o processo em cada dedo. Agora espalhe um creme neutro nas plantas dos pés e vá fazendo um movimento circular com os dedões de ambas mãos, como se estivesse amassando uma massinha. Mantenha por 10 minutos.

Massagem nos pés
Para finalizar, aperte com uma certa pressão o calcanhar, com a palma, quase chegando ao punho na parte mais durinha da mão. Pressione por 12 vezes. Repita todos processos com o outro pé.

9 PONTOS NO CORPO PARA ALIVIAR ANSIEDADE

Descubra a seguir quais são os 9 pontos no corpo que podemos pressionar e assim, aliviar o estresse, a ansiedade e também a depressão. Estas são formas simples de você buscar alívio rápido e eficaz com o que tem as mãos.

Apenas lembrando que, nós não recomendamos que você realize nenhuma prática sem a liberação ou acompanhamento profissional, e que substitua qualquer tratamento indicado.

Ao estimular estes pontos específicos do corpo, o fluxo de energia fica liberado, permitindo que as emoções e sentimentos negativos, se diluam e entrem em equilíbrio novamente.

Automassagem no topo da cabeça para aliviar ansiedade

O primeiro ponto que podemos pressionar para aliviar a ansiedade e a depressão fica bem no meio da cabeça, no topo. Muitas pessoas com estas questões emocionais apresentam dores de cabeça, e este ponto também irá ajudar, além dos seguintes benefícios:

Automassagem no Topo da cabeça


Ativar este ponto no topo da cabeça ajuda a estimular o cérebro e os sentidos, relaxar a mente e acalmar as emoções.

Pressione com os dedos médios segurando por alguns segundos, com movimentos precisos e circulares.

Reflexologia no ponto no meio da cabeça para aliviar depressão

Após pressionar o topo da cabeça, podemos estimular o ponto que fica no meio da cabeça para aliviar a depressão e a ansiedade. Este ponto acalma os pensamentos, relaxa a mente e libera desequilíbrios emocionais. Veja onde ele se situa exatamente.

Automassagem no Meio da cabeça


Chegando no topo da cabeça, caminhe o equivalente a um polegar para frente e você encontrará o meio da cabeça. Este ponto ainda ajuda organizar as ideias da mente, aliviando os sintomas comuns.

Segure pressionando com o dedo que for mais confortável para você, por 60 segundos. Retome por no mínimo 3 ciclos iguais.

Automassagem no meio da testa para ansiedade

Primeiro pressionamos o topo da cabeça, em seguida o meio da cabeça, e para aliviar o estresse, a depressão e a ansiedade, podemos pressionar o meio da testa também. Veja de que maneira e quais são os benefícios desta simples prática.

Automassagem no Meio da cabeça


Bem no centro da testa, entre as sobrancelhas, quando este ponto é estimulado, ele ajuda a acalmar e equilibrar o sistema nervoso central.

Pressione e segure por alguns segundos enquanto respira tranquilamente.

Reflexologia na região do buço para depressão

A região do buço é um dos pontos essenciais para trabalharmos, quando estamos falando de ansiedade e de depressão. Poucos sabem, mas este ponto é como uma chave para o equilíbrio mental e emocional, e te explicaremos agora o por quê.

Automassagem no Buço


Este ponto fica entre o nariz e o lábio superior. É um dos mais essenciais para a restauração da consciência e da mente. Ativar este ponto ajuda a acalmar os pensamentos, promover o ânimo e fazer o fluxo energético fluir de maneira mais equilibrada.

Massageie com leve pressão usando o dedo indicador, com movimentos lateralizados.

Automassagem no queixo para ansiedade e depressão

Estimular a parte superior do queixo para auxiliar no alívio da ansiedade e da depressão pode ser uma estratégia um tanto eficaz. Ele é relacionado a liberação do fluxo de energia, essencial para liberar os sintomas destas patologias emocionais. Entenda.

Automassagem no Queixo


Este ponto fica bem onde os homens possuem o cavanhaque, logo abaixo do lábio inferior.

Pressione com o dedo indicador de uma das mãos, por alguns segundos.

Automassagem na clavícula para alívio de ansiedade

A região inferior da clavícula, também conhecida como gravatinha, é um ponto do corpo que podemos estimular a fim de buscar ajuda no tratamento da ansiedade ou em casos de depressão. Veja a maneira correta de se trabalhar este ponto.

Automassagem na Clavícula


Esse ponto fica entre a primeira costela e a parte inferior da clavícula. É um ponto que age energizando e tonificando a mente.

Devemos apertar o ponto com o dedo indicador e o polegar, e liberar, por alguns ciclos.

Automassagem no peito para alívio de depressão

Provavelmente quando em alguma crise emocional seja de estresse, ansiedade ou depressão você já sentiu um aperto no peito. O meio do peito é, portanto, uma região que devemos estimular para trazer alívio destes sintomas de desequilíbrio. Entenda de que maneira.

Automassagem no Peito


O ponto fica na linha e entre os mamilos. Ele ajuda tranquilizar e melhorar a respiração.

Dê leves batidinhas com os dedos indicador, médio e anular ao mesmo tempo, enquanto faz inalações bem profundas.

Reflexologia: pressione o ponto no pescoço para ansiedade

Dentre os diversos pontos do corpo associados a ansiedade e depressão, existe um ponto no pescoço que devemos pressionar para buscar aliviar a ansiedade e os sintomas de depressão, ou até mesmo de um simples estresse. Mas, não é o pescoço como um todo. Veja qual é o ponto exato, agora.

Automassagem no pescoço
No pescoço existem na verdade, dois pontos que ficam na parte posterior do pescoço, nas laterais, descendo um pouco a partir das orelhas. Este local acumula muita tensão, e quando trabalhado, relaxa e favorece o fluxo energético e a circulação local.

Esfregue com os punhos ambos lados ao mesmo tempo, sem machucar, apenas aplicando certa pressão, de cima para baixo.

Automassagem: estimule a região lombar para aliviar a depressão

Depois de pressionar pescoço, cabeça, queixo, buço, agora é a hora de você estimular a região lombar para aliviar a depressão e a ansiedade. Isso mesmo! Parece desconexa esta região com as patologias citadas, mas você vai entender como isso funciona.

Automassagem na lombar
Na verdade, a lombar assim como o pescoço é uma região de acúmulo de tensão e energia. Então, quando pressionamos bem no final da coluna lombar, ela ajuda a aliviar a tensão da região.

Também com os punhos fechados, esfregue os dois lados ao mesmo tempo, de fora para o centro da lombar, enquanto respira conscientemente.

Cuidados importantes para reflexologia para ansiedade e depressão

reflexologia trata os sintomas da depressão e da ansiedade, agindo principalmente nos pontos de energia do corpo. Parece simples, mas existem alguns cuidados importantes e essenciais que você deve se atendar antes de agendar sua sessão para tratamento com reflexologia.

Indicamos que a partir do diagnóstico de depressão e ansiedade você peça a liberação de seu médico responsável para a realização da técnica. Além disso, um cuidado essencial é se certificar de estar agendando com um terapeuta profissional realmente formado e qualificado para aplicar a reflexologia para depressão e ansiedade.

A reflexologia pode ser uma importante parte do tratamento, mas recomendamos não ser a única, e que é importante também o acompanhamento por profissional de saúde especializado.

Quanto tempo leva uma sessão de reflexologia podal?

E quanto tempo leva uma sessão de reflexologia para o tratamento de ansiedade e depressão? Será que este tempo varia de acordo com cada indivíduo, grau de patologia ou tipo de sintomas? Na verdade o tempo da sessão segue um padrão, o qual veremos logo a seguir.

O tempo mais recomendado para uma sessão completa da técnica de reflexologia gira em torno de 60 minutos, dependendo de cada cliente e quadro de queixa. Mas, a recomendação exata depende de cada paciente e de sua condição, e pode ser melhor avaliada junto a um profissional especializado.

Antes da prática, o paciente é avaliado através de uma anamnese para checar contraindicações e os pontos a serem trabalhados.

Quantas sessões e quantas vezes por semana reflexologia para depressão?

Na maioria dos tratamentos com a reflexologia, inclusive para casos de ansiedade e depressão, as recomendações de frequência são específicas para cada caso. Quem irá fazer essa indicação personalizada é o terapeuta especialista. Mas, há indicações gerais como vemos agora.

Geralmente o recomendado é receber de 2 a 3 sessões da técnica de reflexologia toda semana, por pelo menos 3 meses. Em geral um tratamento completo de reflexologia, é aconselhado que seja feito pelo menos 2 sessões por semana.

Alguns casos mais agravados ou densos podem precisar de mais sessões, chegando até 3 por semana, com espaçamento ideal entre uma aplicação e a outra de 2 dias. Ainda assim, somente o especialista fará tais indicações.

Todo mundo pode fazer reflexologia para ansiedade? Quais perigos?

A técnica de reflexologia pode ser aplicada em qualquer pessoa com ansiedade ou depressão, sem nenhum tipo de restrição. Isto porque, a prática quando aplicada por especialistas, não ira causar nenhum efeito colateral ou interação medicamentosa, ou com outros tratamentos paralelos.

Mesmo que o paciente não tenha alguma patologia ou questão crônica, a reflexologia é indicada para melhorar o bem-estar energético, emocional e físico, podendo ser realizada ao menos uma vez na semana como forma preventiva para qualquer tipo de sintoma ou desequilíbrio.

Gestante pode fazer reflexologia para ansiedade durante gravidez?

Caso você ou alguma mulher próxima estiver gestante e apresentar sintomas de ansiedade, fazer uma massagem para alívio é uma indicação que vem a cabeça. Mas será que a reflexologia para ansiedade e depressão pode ser feita durante a gravidez?

Geralmente não há restrições para manobras de massoterapia da reflexologia em mulheres grávidas. Ainda assim, seu ginecologista e obstetra particular é quem poderá indicar ou não, a realização da massagem.

De qualquer maneira, a reflexologia deverá ser realizada por uma terapeuta com certificação e experiência com gestantes, e a técnica mais indicada é a de massagem pré-natal, que possui todos cuidados devidos.

Quando a reflexologia é indicada para depressão e ansiedade?

Quando a reflexologia é realmente indicada? Como saber que é de fato, hora de agendar sua sessão de reflexologia para auxiliar o tratamento de ansiedade e depressão, especificamente? Nem só pelo prazer em receber a técnica, entenda quando ela é indicada de se fazer.

Após receber um diagnóstico preciso de seu médico, psicólogo ou psiquiatra, ele poderá indicar terapias alternativas para seu tratamento. Ainda que ele não indique você tem liberdade de perguntar e pedir liberação para receber a reflexologia como complemento de seu tratamento.

A reflexologia funciona sozinha para tratar depressão e ansiedade?

Uma dúvida bastante comum é: a reflexologia funciona sozinha para tratar a depressão e a ansiedade? Seria necessário associar a técnica de massagem a outros tratamentos para tratar de forma completar ou ela por si só dá conta do recado?

Esta questão tem uma simples resposta: depende! Para casos mais graves talvez outros tratamentos sejam indicados.

Busque indicação de um médico e/ou terapeuta profissional para entender como seu caso deverá realmente ser tratado. A reflexologia ajuda no alívio e no tratamento, mas é importante acompanhamento médico em especial se os sintomas persistirem durante o tratamento.

Quando ir ao psicoterapeuta se a ansiedade não passa com reflexologia?

Após receber uma técnica de reflexologia terapêutica, caso a depressão ou a ansiedade não melhorem, entenda quando você deve ir ao psicoterapeuta. Saiba quando buscar ajuda médica caso a depressão e a ansiedade persistam durante o tratamento de reflexologia.

Na verdade, a busca por um médico ou psicoterapeuta especialista, deve vir antes mesmo de buscar auxílio com a prática de massoterapia. Em todos casos, precisamos de um acompanhamento prévio e diagnóstico preciso, para somente então, realizar a técnica.

Restrições e contraindicações da reflexologia para ansiedade

Existem restrições, perigos e contraindicações para receber reflexologia terapêutica para o tratamento de depressão e ansiedade, ou será que absolutamente todo mundo com as queixas destas patologias, pode fazer a técnica de massagem sem problema algum? Saiba agora.

No geral não restrição para receber massagens para reflexologia terapêutica para o tratamento de depressão e ansiedade, a menos que, seu caso seja grave e seu médico não liberar o procedimento por alguma razão específica. Busque sempre a liberação médica e a ajuda de terapeutas verdadeiramente selecionados para receber sua massagem.

Perfil de massoterapeuta recomendado para reflexologia para ansiedade

É essencial que o perfil da terapeuta selecionada para aplicar a técnica de reflexologia para tratamento de ansiedade e depressão, seja formado por alguma escola ou instituição qualificada, para que sua terapia seja efetiva, completa, segura, sem nenhuma complicação ou reação e ainda...

É necessário para os atendimentos que a  profissional tenha formação completa com experiência, atestada em certificado e que seja especialista em atendimentos de reflexologia para tratamento de ansiedade e depressão.

Onde fazer reflexologia para depressão e ansiedade? Em casa ou spa?

As principais capitais do país são bem servidas de estabelecimentos de massagem, inclusive especializados em massagens terapêuticas, e também contam com terapeutas especializados atendendo a domicílio. Mas antes de agendar é importante tomar alguns cuidados para a segurança do seu atendimento para tratar ansiedade e depressão. 

A forma tradicionalmente mais segura para encontrar estabelecimentos especializados em massagens para ansiedade e depressão é solicitar ao seu médico ou fisioterapeuta uma indicação de clínica ou terapeuta, pois muitos dos estabelecimentos ou profissionais particulares que oferecem este tipo de atendimento carecem de formação especializada.  

Recentemente uma outra alternativa de agendamento vem se popularizando entre médicos e fisioterapeutas que é o agendamento por aplicativo especializado, onde o atendimento normalmente ocorre à domicílio. Mas também é necessário atenção especial ao perfil do terapeuta que irá realizar o seu atendimento, para o seu conforto e segurança.  

Abaixo você encontra dicas importantes sobre cada alternativa de agendamento, diferença de preços e perfis de terapeutas para ajudar na sua decisão.

Onde encontrar terapeuta especializado em depressão e ansiedade? 

Sabemos que não é fácil encontrar um massoterapeuta especializado massagem terapêutica para ansiedade e depressão, e, muito importante, que tenha agenda para te atender. Seja numa clínica especializada, spa ou massagem a domicílio. Listamos algumas dicas importantes para te ajudar na sua escolha.

Clínicas e spas especializados em reflexologia terapêutica

As clínicas especializadas geralmente têm uma grande preocupação na seleção dos profissionais que atendem no local, o que garante um bom nível do atendimento na maioria das vezes.

Normalmente as clínicas são especializadas em algum tipo de massagem, seja ela terapêutica, estética ou relaxante. Algumas clínicas se especializam em atendimentos mais delicados, como por exemplo massagem pré-natal, pós-operatório ou casos terapêuticos mais delicados, com profissionais capacitados e experientes nestes tipos de atendimento.  

Os valores, entretanto, podem ser inacessíveis para a maioria de nós, uma vez que as clínicas e spas retém por volta de 70 a 90% do valor pago pelo atendimento e o seu terapeuta com apenas 10 a 30% do valor. Em contrapartida a maioria dos estabelecimentos oferece, junto a massagem, um ambiente e algumas cortesias que valorizam toda experiência.

Atendimentos particulares de reflexologia para depressão e ansiedade

Muitos recorrem a indicações de terapeutas por amigos, familiares, ou mesmo anúncios pela internet, para poder realizar o seu atendimento sem estourar o orçamento. Mas alguns cuidados são essenciais para o seu conforto e segurança.

Nestes casos é muito importante validar as qualificações do profissional, pois a realização de alguns tipos de massagem por profissionais sem a devida qualificação pode gerar risco ao seu bem-estar e saúde. Vale um cuidado especial para quem tem condições pré-existentes de saúde e para atendimentos que demandem de cuidados especiais, tais como massagem pré-natal, pós-operatório ou casos terapêuticos mais delicados.   

Além disto, não é sempre fácil encontrar um terapeuta especializado, com atendimento diferenciado, de confiança e que tenha agenda disponível para realizar a sua massagem quando você precisar.

Aplicativos especializados em reflexologia para depressão e ansiedade

Mulher recebendo massagem nas costas

Nos últimos anos os aplicativos de massagem vêm se tornando rapidamente uma alternativa importante de agendamento.

Além da comodidade de ser atendido em casa, os aplicativos normalmente oferecem a garantia de disponibilidade de um profissional qualificado e valores acessíveis, o que explica o grande crescimento desta alternativa de agendamento. 

Assim como as clínicas, os aplicativos normalmente também são especializados em algum tipo de massagem, seja ela terapêutica, estética, relaxante ou atendimentos especializados, como massagem pré-natal, pós-operatório ou casos terapêuticos mais delicados.

Mas, por se tratar de um atendimento pessoal e realizado em casa, antes de agendar é importante se atentar aos protocolos de segurança, de seleção dos terapeutas e da confiabilidade do aplicativo.

E também é importante validar que a sua massagem será realizada por um terapeuta devidamente qualificado, em especial para atendimentos que demandem de cuidados especiais, tais como pré-natal ou pós-operatório, ou para pacientes que tenham alguma restrição médica para atendimento, para evitar riscos a sua saúde, bem-estar e segurança.


Como agendar reflexologia para depressão e ansiedade à domicílio? 

Aplicativos de massagem oferecem a comodidade de atendimento em casa e, na maioria dos casos, a garantia de disponibilidade de um massoterapeuta qualificado para o seu atendimento. O agendamento normalmente é simples e os valores acessíveis. Mas alguns cuidados são importantes para sua segurança e bem-estar.

Por se tratar de um atendimento de cunho pessoal e realizado em casa é importante considerar algumas questões para garantir a sua segurança e bem-estar:

Os terapeutas são realmente especializados em reflexologia terapêutica? 

O aplicativo de fato realiza uma seleção dos terapeutas, validando suas qualificações, experiência, formação, condições precedentes, etc.? Realiza teste presencial com todos os candidatos? Tem parceria com as principais escolas de formação em massoterapia para seleção dos profissionais? Ou é um processo automático que basta se cadastrar para atender?

O aplicativo tem protocolos de segurança para tratamentos de depressão e ansiedade?

Os protocolos de segurança estão devidamente informados, de forma clara e transparente? Eles são abrangentes e garantem a proteção e segurança tanto dos clientes como dos terapeutas? O site e o(a) terapeuta seguem de fato tais protocolos? Você pode cancelar sem custo se não se sentir confortável?

Qual garantia de que o seu atendimento será feito por terapeuta devidamente qualificado?

O aplicativo solicita a sua ficha de anamnese antes de confirmar o(a) terapeuta para o seu atendimento? É fornecida comprovação pré-atendimento de que o(a) terapeuta que irá realizar sua massagem é devidamente qualificado para te atender? Você pode cancelar sem custo se não se sentir confortável?

A In Good Hands leva muito a sério atendimentos a domicílio, em especial os atendimentos que requerem cuidados específicos, como é o caso de massagens terapêuticas para dores nas costas, coluna e lombar. Todos os cuidados acima são obedecidos a cada atendimento, e muitos outros, para garantir a qualidade e segurança dos atendimentos para todos: clientes e terapeutas.

Por isto selecionamos para você alguns terapeutas especializados em massagens terapêuticas e que atendem pela In Good Hands e pelas principais clínicas e spas nas Cidades de São Paulo e Rio de Janeiro:

Terapeuta - Yevelize F - In Good Hands

Massoterapeuta 3 estrelas

Terapeuta - Adriana K - In Good Hands

⭐⭐

Massoterapeuta 4 estrelas

Terapeuta - Adriana V - In Good Hands

 ⭐⭐⭐

Massoterapeuta 5 estrelas

A classificação (estrelas) das clínicas e spas foi feita de acordo com os critérios de classificação dos terapeutas que trabalham nestes estabelecimentos e que também atendem a domicílio pela In Good Hands.

 

Qual é o valor de reflexologia para ansiedade e depressão?

Os preços de massagens terapêuticas para tratar de dores nas costas, coluna ou lombar podem variar por conta do estabelecimento e do perfil do massoterapeuta. Detalhamos no post cuidados importantes a serem tomados para a segurança do seu atendimento e explicamos abaixo as principais diferenças dos preços cobrados para massagens terapêuticas.

Os principais fatores da diferença de preço são a localização, o tipo de estabelecimento (incluindo amenidades e ambiente oferecido), e, principalmente, o perfil dos massoterapeutas que atendem no local.

Como a massagens terapêutica pode ser um atendimento delicado, para o seu conforto e segurança, é importante o acompanhamento médico, em especial para os casos de dores crônicas e frequentes, e a selação de um massoterapeuta especializado neste tipo de atendimento, com formação e experiência ambulatórial específica.

Dessa maneira, os preços listados são para atendimentos apenas com terapeutas especializados pois não recomendamos a realização deste tipo de atendimento com terapeuta sem especialização.  

Resumo dos valores cobrados para atendimento de 1 hora de massagem terapêutica por perfil de terapeuta:

⭐⭐⭐ Reflexologia terapêutica - 3 estrelas 

Perfil do massoterapeuta: normalmente profissionais que finalizaram o curso de formação técnica recentemente (até 3 anos) ou que, em alguns casos, carecem de formação técnica (não recomendado).

Tipos de estabelecimento mais comum: clínicas de bairro, salões de beleza e maioria dos aplicativos de massagem.

Valores cobrados (faixa):

R$ 130,00 - R$ 180,00

Desconto de até 23%. na In Good Hands para atendimento de mesmo nível. Ver preços.

⭐⭐⭐⭐ Reflexologia terapêutica - 4 estrelas 

Perfil do massoterapeuta: normalmente profissionais com 4 a 7 anos de experiência prática após sua formação técnica e que são versados em diferentes técnicas de atendimento. 

Tipos de estabelecimento mais comum: principais redes de clínicas de bem-estar.

Valores cobrados (faixa):

R$ 180,00 - R$ 250,00

Desconto de até 45% na In Good Hands para atendimento de mesmo nível. Ver preços.

⭐⭐⭐⭐⭐ Reflexologia terapêutica - 5 estrelas 

Perfil do massoterapeuta: normalmente profissionais com mais de 10 anos de experiência prática, bem estabelecidos em suas clínicas ou como professores. Domínio de diversas técnicas e atendimentos holísticos.  

Tipos de estabelecimento mais comum: clínicas e spas de alto nível, day spas de luxo e principais hotéis 5 estrelas.

Valores cobrados (faixa):

R$ 332,00 - R$ 580,00

Desconto até 67% na In Good Hands para atendimento de mesmo nível. Ver preços.

Os valores acima foram calculados com base em pesquisa de preços trimestral e com base nos critérios de classificação da In Good Hands, usados na seleção dos seus massoterapeutas, que também atendem nas principais clínicas e spas das Cidades de São Paulo e Rio de Janeiro.  


Logo In Good Hands e imagem das mãos do massoterapeuta nas costas do paciente

Agora você já sabe muito bem sobre as indicações e benefícios da reflexologia para o tratamento de depressão e ansiedade. Selecione o/a terapeuta especialista para aplicar a técnica com segurança!

  

 ---

Logo In Good Hands

 

Quem somos nós? Somos a In Good Hands, o seu spa 5 estrelas para curtir no conforto e segurança de casa. Saiba mais >>  

✅ Terapeutas das principais clínicas e spas.

✅ No conforto e segurança de casa.

✅ Protocolos de segurança.

Massagens  |  Atendimentos online  |  Como funciona  |  Preços  |  Planos  |  Empresas  |  Protocolos de segurança