✨ Covid-19: atendimentos online e protocolos de segurança. ✨

Tudo sobre Quick Massage

Como o próprio nome diz, a quick massage é uma massagem rápida, aplicada em uma cadeira especialmente elaborada e com manobras adaptadas das técnicas orientais anmá e shiatsu.Tem como foco proporcionar o relaxamento muscular em poucos minutos. A origem dessa massagem foi na década de 80 para funcionários da Apple (sim, até nisso Steve Jobs foi precursor).

É direcionada para aqueles que, na correria do dia a dia, não têm tempo para uma massagem completa, mas dispõem de 15 a 30 minutos, que é a duração de uma sessão da quick massage, tempo suficiente para que possamos sentir os benefícios em nosso corpo, como alívio imediato de estresse e tensões, além de melhora na postura e no fluxo energético.


- Quem pode se beneficiar da quick massage?

Devido aos diversos e poderosos benefícios da quick massage, essa terapia é uma grande aliada no combate ao estresse da vida moderna, beneficiando todos que têm um dia a dia corrido, com tempo limitado para uma massagem completa.

Essa técnica de massagem também é muito utilizada em empresas que se preocupam com o bem-estar e qualidade de vida de seus funcionários.

Indicações da quick massage:

• Pessoas que têm tempo limitado para atendimento

• Pessoas com estresse mental ou emocional ou com ansiedade

• Pessoas que querem aliviar tensões, dores ou mau jeito

• Pessoas que trabalham em escritório ou com movimento repetitivos

• Pessoas com dificuldade de concentração ou baixa produtividade

- Contra-indicações da quick massage:

• Pessoas com problemas de pele (queimadura, ferimentos, dermatite)

• Pessoas lesionadas ou que tenham feito cirurgia recentemente

• Pessoas com câncer e hepatite

- Benefícios da quick massage:

• Redução do estresse e da ansiedade

• Alivio de tensões e dores crônicas e relaxamento muscular

• Aumenta a produtividade, concentração e motivação

• Melhora da disposição e do humor

• Evita e reduz os efeitos de lesões por esforços repetitivos (LER)

• Equilíbrio energético

Deixe um comentário

Os comentários devem ser aprovados antes de serem publicados